Cordiais Saudações

Tia Elsie, Dona Carmen, Ariba, Lupi,

tudo bem por aí?

Diz para a dona Oneyda, que o nosso encontro está positivo, e eu não esqueci o seu aniversário de cem.

Por onde andam nossos companheiros-guia, Chiadofone e Coisa da Antiga?

Peço desculpas pelo sumiço, mas ainda não aprendi a mandar notícias nesta fita. Saudades de conversar com vocês pelo Rádio.

Por aqui anda tudo bem. Devagarinho vou ouvindo, lendo, dividindo. Em breve, voltaremos a nos encontrar com a frequência e intimidade daquele tempo. Tempo bom, tempo ruim.

Ganhei dois livros estimulantes do meu bem: Elsie Houston e Acertei no milhar. A Elsie vem com faixas setenteônicas, pitadas de Mario de Andrade, gosto de Villa-Lobos e Patricio Teixeira. O segundo, sambas danados e historietas da malandragem pré e pós Getúlio (bem que o Marcio Barker anunciou).

Os cds também estão frescos, esperando para girar. Chico Alves e Dalva. Chico Alves e Mario Reis, e o pessoal de Recife em 78 rpm. E ainda, o Coqueiro Velho, que tinha na discoteca da Radio Cultura, com as queridas e mil vezes programadas “Amigo Urso” e “Esta noite eu tive um sonho”, Moreira da Silva.

Os estímulos são mil. Só falta sair rodando. Setenta e oito rotações por minuto. Por segundo, rotações. Do minuto, ao milênio.

Quem vem comigo?

Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: